Meio Ambiente. Reciclagem. Coleta Seletiva Guia Cidades - Notícias, Turismo, Negócios, Cultura, Eventos, História
  • Segunda-feira, 24 de junho de 2019
Portal da Cidade de Ribeirão Preto
Meio Ambiente. Reciclagem. Coleta Seletiva

Dicas de Coleta Seletiva

O processo de reciclagem é composto de várias fases, porém sua realização depende de uma ação fundamental: a separação prévia dos materiais.

Esse é só o começo do que chamamos de coleta seletiva. Trata-se da separação e recolhimento, desde a origem, dos materiais potencialmente recicláveis.

A informação é a base da conscientização da coleta seletiva, o que inclui sensibilização e a educação de TODOS os envolvidos. No caso de condomínios, é imprescindível a participação de porteiros, zeladores, pessoal da administração e empregadas domésticas. Da mesma forma, nas escolas precisam estar envolvidos alunos, professores e demais funcionários.

Como separar os materiais recicláveis para a coleta seletiva?

Para a separação do material, basta ter em casa dois recipientes: um para o lixo úmido e rejeitos a serem recolhidos pela Companhia de Limpeza da Cidade e outro recipiente para o reciclável a ser coletado por uma cooperativa ou empresa especializada contendo plástico, metal, vidro e papel, todos devidamente lavados e/ou limpos e secos.

No caso de condomínios, escolas ou empresas, pode-se aumentar o número de recipientes destinados à coleta seletiva, identificando-os por cores e tipos de material:

Azul - Papel
Verde - Vidro
Amarelo - Metais e alumínio
Vermelho – Plástico e garrafas pet
Marrom – Orgânico (restos de alimentos ou podas de árvores)
Cinza – Rejeito (material sujo e/ou que não serve para a reciclagem)

É importante:

* estabelecer um local prático e de fácil acesso para a colocação desses recipientes para a coleta seletiva.
* mesmo que o produto não contenha o símbolo de reciclagem ele pode ser reciclável.
* saber qual o tipo de material estará sendo recolhido e encaminhados, qual a forma de armazenamento e qual a quantidade mínima a ser destinada à cooperativa de catadores ou empresa especializada.
* Pode-se começar com apenas alguns tipos de materiais e ampliar gradativamente.

Que materiais devem ser separarados para a coleta seletiva?

Alguns produtos e embalagens recicláveis já possuem o símbolo de reciclagem para facilitar na hora de saber o que vai ou não para a coleta seletiva.

Quem irá receber e para onde vão os materiais recicláveis?

Algumas cidades do Brasil já possuem programa de coleta seletiva organizado, neste caso contate a prefeitura e combine horário e frequência de coleta.

Porém, a maioria dos municípios não dispõe de um sistema de coleta seletiva, neste caso procure saber se existe na região grupos de catadores, sucateiros, ou iniciativas comunitárias e de organizações não-governamentais que coletem materiais recicláveis.

Vale ressaltar que os resultados mais relevantes de um processo de coleta seletiva são o combate ao desperdício e a preservação ambiental. O retorno econômico e o compromisso social podem ser somados aos benefícios alcançados.

Ao ser entregue aos catadores, o material separado é levado para um depósito onde ele é triado, prensado e enfardado com o auxílio de prensas hidráulicas. Desse modo o volume de material é reduzido, otimizando o uso do espaço e facilitando a organização. Os fardos separados por tipo de material são vendidos para as indústrias de reciclagem.

Antes de iniciar uma coleta seletiva faça um estudo do espaço, do material a ser coletado, do perfil dos funcionários do condômino ou empresa, dos alunos e de quem irá receber o material. Com base nas informações obtidas defina o sistema a ser implantado, dando atenção especial à sensibilização das pessoas envolvidas, local de armazenamento, frequência de coleta e divulgação dos resultados.  





Veja Mapas atualizados de Ribeirão Preto


Anuncie aqui

Veja também :


ultimas noticias

Classificados do Jornal da Cidade/Ribeirão Preto


Classificados do Jornal da Cidade: Veículos, Imóveis, Diversos.


Sua empresa ainda não tem site?